Uma senhora idosa, moradora do interior de Camaquã, foi vítima de assalto em sua residência na manhã deste domingo, 29 de março, por criminosos que se fizeram passar por profissionais da saúde.

Conforme relato da vítima à polícia, ela viu quando um automóvel, Gol, branco, estacionou nos fundos de sua casa e uma mulher desceu do veículo vestindo jaleco branco, usando máscara e segurando um estetoscópio, e se identificou como sendo servidora da secretaria municipal de Saúde.

Como estava informada que equipes estão vacinado idosos conta a gripe em domicílios, a vítima decidiu abrir a porta da casa sendo que os dois homens que estavam no carro também desceram e entraram na residência quando um deles apontou um revólver para a sua cabeça e anunciou o assalto.

A senhora foi amarrada pelos pés e mãos, colocaram um pano dentro da boca dela e cobriram sua cabeça com uma toalha.

A vítima conseguiu descrever a criminosa como mulata clara, gorda, baixa, de aproximadamente 40 anos. Um dos homens é mulato, alto, aparentando 30 anos e o outro é branco, com barba, forte estatura mediana, aparentando uns 40 anos e usava óculos escuro.