Uma família moradora da vila Garambéu, em Cerro Grande do Sul, teve sua casa destruída por um incêndio na noite desta quinta-feira, 13 de junho.

A proprietária do imóvel, Ionice Silva de Souza, contou que não havia ninguém na residência quando o fogo iniciou. Disse que era por volta das 21 horas, quando estava com a filha pequena, de um ano e oito meses, na casa de parentes, a cerca de uma quadra de onde morava, e logo seu companheiro, Jackson, chegou para juntar-se a eles, sendo que minutos depois alguém chegou correndo para informar que a casa onde moravam estava em chamas.

O chalé de madeira foi ligeiramente consumido pelo fogo, assim como todos os pertences da família que estavam em seu interior, incluindo roupas, móveis, eletrodomésticos e documentos.

Os bombeiros estiveram no local e, segundo Ionice, disseram que há indícios que o incêndio possa ter se originado no fogão à lenha. Ela relatou que antes de sair de casa o companheiro utilizou o fogão para aquecer a comida. Também não é descartada a possibilidade de ter tido um curto circuito na fiação elétrica.

Trabalhadora, mas com poucas condições financeiras, a família depende da ajuda da comunidade para se restabelecer. Ionice cuida do lar e o esposo trabalha de empregado em uma serraria local. Todavia já existem mobilizações no sentido de auxiliá-los e doações começaram a chegar.

Uma família vizinha cedeu temporariamente uma casa próxima ao local para que eles fiquem até poder construir um novo lar.

Qualquer ajuda é bem-vinda, desde fraldas para a pequena até materiais de construção para iniciar a construção de nova moradia. Quem quiser contribuir pode entrar em contato com Pâmela (parente) pelo WhatsApp 9765.5486. Doações também podem ser entregue diretamente no local, na residência (casa de madeira, cor azul) em frente à escola estadual Francisco José Pereira.