Uma tentativa de extorsão foi registrada na Delegacia de Polícia Civil em Camaquã nesta quarta-feira (24), quando a vítima informou que recebeu uma mensagem via aplicativo WhatsApp em que uma pessoa se identificava como delegado de polícia da cidade de Porto Alegre.

Instantes depois a vítima conta que recebeu uma ligação telefônica do mesmo contato quando o suposto delegado dizia que ela deveria depositar o valor referente a dois salários mínimos para que uma investigação policial referente a pedofilia fosse encerrada.

A polícia alerta que este tipo de golpe tem sido recorrente e que é preciso as pessoas estarem atentas para não se deixarem manipular pelos golpistas, além de que é importante o registro da ocorrência para que haja investigação e possível identificação e punição aos criminosos.