GPM da Brigada Militar retorna à Cerro Grande do Sul

Cerca de 20 dias após o comando do 30º Batalhão de Polícia Militar ter comunicado que a sede administrativa do Grupamento de Polícia Militar (GPM) da Brigada Militar em Cerro Grande do Sul estava sendo transferida para Sentinela do Sul, uma nova decisão reverteu a situação e o GPM estará restabelecido na cidade nos próximos dias.

A reunião para tratar do assunto foi proposta pelo tenente Luís Veríssimo da Rosa, comandante do Pelotão de Tapes, que responde também por Sentinela do Sul e Cerro Grande do Sul, e pelo delegado Luciano Rodrigues Meira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Tapes. O encontro ocorreu na tarde da segunda-feira (24) no gabinete do prefeito Gringo com a presença do gestor municipal e parte de sua equipe de governo.

Veríssimo explicou aos representantes municipais as dificuldades que o efetivo policial e a população vinham enfrentando por não ter uma sede na cidade.

Do mesmo modo o delegado Luciano externou a preocupação da Policial Civil, sobretudo da DP local, ao fato de a Brigada Militar não ter um local para atendimento ao público.

Das discussões ficou acertado que a prefeitura municipal irá ceder novamente para uso da BM o prédio do Centro de Convivência Municipal, na Rua Dr. Henrique Vilanova, n° 294, onde o GPM estava funcionando antes de deixar a cidade.

A desocupação do prédio havia sido solicitada pelo prefeito Gringo, via ofício, no dia 03 de janeiro para que o local fosse utilizado pela secretaria municipal de Assistência Social para promoção de atividades com idosos, contudo, o administrador voltou atrás da decisão e garantiu que a Brigada Militar poderá ocupar o imóvel por tempo indeterminado até que seja construída uma nova sede para a polícia militar no município.

Questionado a respeito o prefeito Gringo disse que lamenta o impasse ocorrido e entende que a sede junto à praça Admar Amazonas Coutinho de Oliveira, no centro da cidade, onde havia sido indicado para que o GPM se instalasse, não é realmente o local adequado para tanto e que o cercamento do local solicitado na ocasião, além de ser uma solução paliativa também enfrentou resistência da população que frequenta o local, por isso não foi feito.

Finalmente o prefeito disse que o município seguirá empenhando esforços para que a segurança pública siga sendo prestada com excelência no município.

O retorno da Brigada Militar depende agora de uma reforma que a prefeitura está realizando no prédio do Centro de Convivência Municipal para a eliminação de goteiras, entre outras melhorias. A previsão é que esta semana ainda as chaves sejam entregues aos policiais militares.

A luta por um prédio para a BM

A discussão da permanência do GPM da Brigada Militar na cidade requentou o assunto já debatido noutras oportunidades por forças vivas municipais, sobretudo entre os próprios policias e membros do CONSEPRO, referente a construção de um prédio que sirva de sede definitiva para a Brigada Militar na cidade.

Um projeto que vem sendo pensado entre estes atores foi apresentado na reunião da segunda-feira (24) para a administração municipal. Trata-se de uma campanha para a arrecadação de fundos com a participação da comunidade, empresas e entidades locais que resultaria em um montante de recursos financeiros suficiente para custear a obra.

Neste sentido os gestores municipais acenaram positivamente à iniciativa e garantiram que a prefeitura municipal vai se somar ao projeto, por meio de apoio técnico e financeiro.

Para tanto os administradores devem estar se reunindo nos próximos dias com a direção do CONSEPRO, a fim de estudar a viabilidade da formatação de um convênio entre as partes em que possa haver a colaboração operacional e o repasse de recursos de forma legal.

O prefeito adiantou que, se possível, pensa em definir uma área no município onde possa reunir tanto Brigada Militar quanto Polícia Civil, ainda que em prédios separados e com independência, mas que seja uma referência de segurança pública local.

Para a presidente do CONSEPRO, Andréia Solka, a retomada dos debates rescende a esperança de ver concretizado um plano que há muito vem sendo pensado e trabalhado. Ela também disse estar contente que a volta do GPM tenha ficado definida, pontuando que este é um serviço essencial para a comunidade.

POLÍCIA

Pai e filha são indiciados por associação criminosa armada em Tapes

Recentemente, a Delegacia de Polícia de Tapes instaurou um Inquérito Policial com o objetivo de identificar membros de uma quadrilha após inúmeros assassinatos ocorridos...

PRF prende motorista que fumava maconha enquanto dirigia

No final da manhã desta quinta-feira (19), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um motorista que dirigia em zigue-zague. O homem, com diversas ocorrências e...

PRF prende traficantes e apreende mais de 700 kg de maconha no RS

Em três ações distintas no Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (18), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 700 kg de maconha,...