Após sete jogos em casa o tricolor conseguiu vencer a primeira partida nesta edição do Brasileirão jogando em seus domínios. A fraca campanha dentro e fora de casa explica a situação dramática do clube gaúcho na tabela de classificação. Mesmo com a vitória, o Grêmio não saiu do lugar e continua ocupando a 19ª posição, porém com dois jogos a menos do que a maioria das equipes.

Susto

Quando se projetava que o Grêmio pudesse sair na frente da fraca Chapecoense, veio o imprevisto, logo aos 4 minutos de jogo Anselmo Ramon abriu o placar para os visitantes. Não bastasse isso, alguns minutos depois o arqueiro gremista Chapecó fez uma grande defesa evitando que a Chape ampliasse o placar.

Reação

Após um início ruim, o tricolor começou a melhorar em campo e aos 18 minutos o contestado Alisson empatou a partida.

Mesmo desorganizado o Grêmio continuava atacando e aos 30 minutos Borja sofreu pênalti, o colombiano que fazia a sua estreia chamou pra si a responsabilidade e marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor conseguindo a virada gremista.

Vitória era o mais importante

Na noite de ontem, a vitória era o mais importante e ela veio, mas para vencer equipes mais qualificadas do torneio o Grêmio vai ter que evoluir muito ainda.

Douglas Costa

O maior investimento do Grêmio para a temporada ainda não conseguiu dar resultado dentro de campo. O meia atacante continua ainda sem ritmo de jogo, mas Felipão em sua coletiva pós jogo, pediu calma com o jogador, pois para a torcida ver o atleta em grande nível ainda vai levar um tempo.