O pior início de Brasileirão dos últimos 21 anos, esta marca negativa foi alcançada na noite da quinta-feira (24), na Arena do Grêmio, quando o tricolor gaúcho apenas empatou com o Santos pelo placar de 2×2.

Em quatro partidas disputadas a equipe de Tiago Nunes acumula 3 derrotas e um empate. No jogo de ontem, a seca de vitória parecia que ia acabar, logo no início do jogo Diego Souza abriu o placar, porém o gol cedo fez a equipe adotar uma postura mais defensiva.

Após um erro de passe no ataque, o Santos contra atacou e marcou com Marcos Guilherme, o gol fez o tricolor sair pro jogo novamente e Diego Souza serviu Matheus Henrique que colocou os gaúchos na frente novamente.

No segundo tempo o Grêmio até teve chance de matar o jogo, mas pecou na finalização e o castigo veio mais tarde, Marinho em um chute de fora da área deixou tudo igual de novo.

Mudanças na equipe

Comparado com a equipe que iniciou o jogo contra o Sport, Tiago Nunes promoveu alterações no time. Saíram Paulo Vitor, Cortes, Jhonata Robert e Luis Fernando. Ingressaram Chapecó, Diogo Barbosa, Bobsim e Léo Pereira.

As mudanças promovidas fizeram o Grêmio jogar mais, mesmo assim não foi suficiente para poder vencer.

Em evolução

Na coletiva pós jogo, Tiago Nunes disse que gostou da equipe, pontuou que o Grêmio criou muito mas pecou na finalização.

Treta

No primeiro gol do Santos um lance perdido por Matheus Henrique no campo de ataque ocasionou o ataque santista que culminou no gol, claro que não foi apenas o garoto o culpado, mas Tiago Nunes o cobrou após o lance e Matheus Henrique não gostou e proferiu um palavrão ao técnico. Mas ao final do jogo Matheus, deu entrevista e pediu desculpas ao comandante e que ambos já tinham conversado no intervalo da partida.

Classificação

Com o empate, o Grêmio continua na lanterna do campeonato com apenas 1 ponto.