Em uma reunião promovida por videoconferência pelo Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Camaquã na quarta-feira, 30 de junho, a discussão entorno do projeto de construção da barragem no Arroio Velhaco, em Cerro Grande do Sul, voltou a ganhar espaço na pauta e avançou na medida em que o prefeito municipal Gilmar João Alba, o Gringo, manifestou posição favorável ao empreendimento.

O prefeito Gringo informou que solicitou ao comitê uma reunião, que deve ocorrer em breve no município, para tratar do assunto e que vai solicitar informações detalhadas sobre o projeto para que administração municipal possa acompanhar os desdobramentos e participar nas tomadas de decisão.

Sobre sua posição favorável a construção da barragem o prefeito justificou dizendo que não adianta ser contrário a um projeto que já está em andamento há anos em nível federal e que negar essa possibilidade é ficar de fora das discussões.

“Quero trazer o debate pra dentro do município. Tomar conhecimento e discutir com a nossa comunidade. Precisamos saber exatamente quais os benefícios que a barragem vai nos trazer e também quais os impactos que ela vai causar. Tem a questão das indenizações dos proprietários das áreas alagadas que tem que ser vista com muito cuidado. Sempre vamos estar ao lado da nossa população e defender que tudo seja feito da maneira mais justa possível”, garantiu o prefeito.

A sub-bacia hidrográfica do Arroio Velhaco foi definida no Plano de Bacia do Rio Camaquã, em 2016, como área prioritária nas ações para o aumento das disponibilidades hídricas.

De Cerro Grande do Sul também participaram da reunião virtual o secretário municipal adjunto do Meio Ambiente, Marcelo Devenuti, o gestor ambiental, Rudimar Dias Machado e o servido Guilherme Lindenau.