Homem morto em Camaquã nesta sexta-feira (17) não foi baleado

Perícia adiantou que corpo da vítima não apresentava sinas de violência

A Polícia Civil informou na noite desta sexta-feira (17) que a perícia concluiu que o homem encontrado sem vida dentro de um veículo horas antes, no bairro Viegas, não apresentava sinais de morte violenta. Os peritos acrescentaram que o sangue encontrado no nariz da vítima se originou de dentro para fora do corpo.

A informação preliminar de que haveria suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte) também foi desmentida pela polícia. Dinheiro e celular da vítima estavam dentro do carro e não foram roubados.

O delegado Luciano Rodrigues chamou a atenção para as informações divulgadas previamente sem a devida apuração, destacando que não partiram da Polícia Civil e que latrocínio é um crime grave, sendo assim exige-se cuidado em noticiar.

A vítima foi identificada como Valdeci Pereira, de 45 anos. A causa da morte ainda depende de resultado necroscópico. O veículo também foi recolhido pela perícia.

O Portal ClicR preza pela veracidade das informações e pela correção de qualquer equívoco que possa ter cometido a partir de relatos de terceiros. Seguiremos acompanhando o caso e traremos mais detalhes assim que possível.

 

 

 

POLÍCIA

Homem é preso por porte ilegal de arma em Cerro Grande do Sul

Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (28) em Cerro Grande do Sul. A ação foi realizada pela Polícia Civil durante cumprimento a...

Vigilante é preso por tentativa de homicídio contra pedestre em Tapes

Na última segunda-feira (27), os Policiais Civis de Tapes efetuaram a prisão de um vigilante investigado por tentativa de homicídio. O crime aconteceu na...

Polícia Civil abre inquérito para apurar assalto a taxista em Camaquã

A Polícia Civil de Camaquã instaurou um inquérito para apurar o assalto ocorrido em Camaquã na manhã de ontem (26). Na ocasião, um taxista...