Identificada a ossada encontrada às margens da rodovia em Sentinela do Sul

Restos mortais foram encontrados por populares em fevereiro deste ano

Um exame de DNA realizado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) revelou a quem pertencia a ossada humana encontrada em 08 fevereiro deste ano, às margens da BR-116, em Sentinela do Sul. O resultado mostrou que se tratava de Jorge Luis da Silva Machado, de 44 anos.

As investigações policiais revelaram que o homem era filho de Tereza da Silva Machado. Ele havia desaparecido em Porto Alegre e sofria de problemas psicológicos, por isso tinha hábitos de andarilho errante.

Os exames apontaram também que morte foi natural. A polícia acredita que ele tenha se embrenhado na mata à beira da rodovia para descansar ou dormir, onde faleceu.

Os restos mortais foram encontrados por populares na localidade de Vista Alegre, nos limites do município de Sentinela do Sul. Por ser um local onde não passam pessoas com frequência o corpo foi se decompondo até que a ossada fosse encontrada casualmente.

POLÍCIA

Acidente com vítima fatal na ERS 350 em Chuvisca

Motociclista veio a óbito ainda no local No final da manhã desta quinta-feira (26), um acidente de trânsito grave envolvendo um automóvel Ford Ka Vermelho...

Policia Civil recupera, em Guaíba, carga roubada de Canoas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas (DRFC), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), sob...

Operação policial desarticula quadrilha que atacou carro forte em Guaíba

Na manhã desta quarta-feira (25), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR), do Departamento Estadual...