Foi identificado como João Vítor da Silva, de 19 anos, o jovem encontrado morto na manhã desta sexta-feira (27), na estrada Linha Raphaelli, em Cerro Grande do Sul.

O rapaz era natural de Tapes, onde possui familiares, mas estava residindo em Cerro Grande do Sul, na estrada Linha Italiana (bairro Guajuvira) e trabalhava como diarista na produção de fumo.

O corpo da vítima deverá seguir para o Instituto Médico Legal para passar por perícia. De acordo com a Polícia Civil os primeiros indícios levam a crer que foi execução, contudo as motivações do crime ainda deverão ser apuradas. Ele tinha registrado conta si denúncia referente a Lei Maria da Penha.

Moradores próximos ao local onde o corpo foi encontrado disseram que passava pouco da meia noite (já madrugada da sexta, 27), quando ouviram o barulho do que parecia ser três disparos de arma de fogo, vindo da estrada.