O idoso de 81 anos que teve em seu óbito descrito “Morte por Covid19″ na tarde desta segunda-feira (30), não estava infectado por covid-19, aponta laudo do Laboratório Central do Estado (Lacen/RS).

O idoso Valdemar Trintim,  estava residindo em um asilo em Camaquã e segundo seu neto tinha problemas renais e respiratórios, motivo que o levou a internação.   Ele teria sido atendido no Hospital Nossa Senhora Aparecida, e após seu quadro se agravar foi removido no último domingo para o hospital de alta complexidade, no Hospital Universitário de Canoas.

Conforme havia sido antecipado pela imprensa local, o caso era tratado como suspeito e não havia confirmação sobre a causa da morte, já que o caso ainda estava em análise no laboratório.

Segundo nota divulgada no Clic Camaquã, a certidão foi assinada por médico do Hospital Universitário de Canoas que não teve seu nome divulgado. O resultado da análise feita pelo Lacen foi contrária ao diagnóstico do médico responsável e, desta forma, descartou a morte por Covid-19.

Em nota divulgada pela secretaria de Saúde do município de Canoas, cidade onde ocorreu o óbito “foi identificado um equívoco do funcionário do Hospital Universitário, que, zeloso com os familiares e com os encaminhamentos funerários, atestou a causa morte sem a conclusão laboratorial. O fato já foi devidamente apontado e corrigido”.