O produtor de tabaco, Fernando Lietz, morador de Pirapó, interior de Sertão Santana passou por um sufoco na noite desta sexta-feira, 04 de dezembro, quando uma das estufas onde seca a produção incendiou e queimou por inteira.

O sinistro teve início por volta das 22 horas, quando o proprietário percebeu as chamas e correu para evitar que o fogo se propagasse para o galpão em anexo ou atingisse implementos agrícolas que ficam guardados na varanda junto a estufa.

Ele conta que o carro, um Fiat Uno, estava a cerca de um metro de onde as chamas inflamaram e chegou a derreter o para-lamas e outros acessórios plásticos da lateral, mas conseguiu tirar o veículo a tempo de não incendiar também.

“O carro não quis pegar e tivemos que empurrar pra fora da varanda. Do lado tinha um botijão de gás carregado que estava quente já, mas por sorte resistiu também”, conta Fernando.

Com a ajuda de vizinhos que chegaram no local e o uso de uma bomba lava jato as chamas foram sendo controladas para que não atingissem o galpão onde parte da produção desta safra de fumo está armazenada. Algumas madeiras chegaram a ficar chamuscadas pelas labaredas, mas graças ao trabalho de todos o fogo não se propagou.

As chamas permaneceram por cerca de uma hora dentro das paredes da estufa e destruíram entorno de 50 arrobas de fumo que estavam secando, além de toda a estrutura do imóvel. O produtor informou que possui seguro das estufas e da produção das lavouras.

Na sequência o Corpo de Bombeiros, da cidade de Barra do Ribeiro esteve no local e finalizou o combate do fogo e o resfriamento dos destroços. A Brigada Militar também atendeu a ocorrência.

Assista os vídeos:

VÍDEO 01

VÍDEO 02