Com a derrota por 2 a 1, os gaúchos viram sua liderança ficar ameaçada e terão que levar com muita seriedade os últimos 2 jogos da 1ª fase

Inter cede a virada na Venezuela
O Inter foi melhor no primeiro tempo, abriu o placar cedo na segunda etapa com Thiago Galhardo, de pênalti… E parou. Melhor para o Deportivo Táchira. O Colorado viu a equipe venezuelana crescer na partida e cedeu à pressão com uma derrota de virada por 2 a 1 nesta terça-feira, no Estádio Pueblo Nuevo, pela 4ª rodada do Grupo B da Libertadores. Nelson Hernández e Cova marcaram os gols da vitória dos donos da casa.

(Foto: Ricardo Duarte / Internacional)

Gols no segundo tempo
Após tanto se impor na primeira etapa, o Inter abriu o placar logo aos 6 do segundo tempo, com Thiago Galhardo, de pênalti. A partida parecia sob controle, mas o Colorado parou em campo. E o Deportivo Táchira aproveitou. Dentro de casa, a equipe venezuelana passou a pressionar e empilhou chances de gol. Marcelo Lomba salvou três vezes, e Rodrigo Dourado também afastou uma finalização quase em cima da linha.
O ímpeto venezuelano resultou em gols após falhas defensivas do Inter. Na primeira, Nelson Hernández entrou na área, e a defesa colorada parou. Zé Gabriel tentou afastar e acabou dando uma assistência para o meia rival. Depois, Edenílson falhou ao tentar proteger a bola para a saída de Marcelo Lomba, que acabou cometendo pênalti por chegar atrasado. Cova converteu e decretou a virada.

Grupo embolado
Passados sete jogos, o Grupo B tem apenas vitórias dos mandantes até aqui. E a derrota colorada agora embola a chave.
São três equipes com seis pontos somados e desempatadas no critério do saldo de gols: Inter, em primeiro, Always Ready, em segundo, e Deportivo Táchira, em terceiro. O Olímpia é o lanterna, com apenas três pontos.
Mas vale lembrar: Olímpia e Always Ready se enfrentam nesta quinta-feira, na Bolívia.