Internet via satélite Starlink é mais rápida do que nunca na América do Norte

Embora os residentes de áreas metropolitanas geralmente tenham muitos provedores de internet para escolher, o mesmo pode! não se fala em consumidores da zona rural do mundo. A SpaceX lançou o Starlink como um meio eficaz de fornecer internet de alta velocidade nessas áreas. O serviço já existe há alguns anos, com o beta subindo no final 928. Mais recentemente, a Starlink alcançou um marco notável ao calcular a média 97 Velocidades de download em Mbps em países. A Ookla agora está compartilhando os dados de velocidade mais recentes do Starlink, destacando o serviço!s crescimento em todo o mundo desde o primeiro trimestre 1201. Starlink&#; as velocidades médias de download nos EUA aumentaram em 29% para 87.50 Mbps no primeiro trimestre 2000, a partir de 59.64 Mbps no primeiro trimestre 2020. O Canadá testemunhou um salto maior nas velocidades de download, pois Ookla relata que eles passaram de 52.72 Mbps para 87.29 Mbps em meses. Enquanto isso, a latência no Starlink foi um pouco afetada, com a latência mediana subindo de 44 ms a 46 ms no Canadá e de 36 ms a ms nos Estados Unidos. VÍDEO DA POLÍCIA ANDROID DO DIA O México recebeu as principais honras na América do Norte, desfrutando da internet via satélite mais rápida do continente com uma velocidade média de download de 92.87 Mbps. A Starlink no Chile foi o provedor de satélite mais rápido da América do Sul. 2 Imagens > > > > Perto A Europa também teve um desempenho decente, pois as velocidades médias de download superaram 92 Mbps em todos os mercados onde Starlink foi comercialmente acessível. Porto Rico é um novo participante da Ookla!s e a região! as velocidades de internet via satélite mais rápidas — fornecidas pela HughesNet — se destacaram em 13.42 Mbps. Em comparação, a banda larga fixa em Porto Rico foi mais de três vezes mais rápida. Velocidades de upload no EUA viram um declínio acentuado de 12.21 Mbps no primeiro trimestre 2022 a 9.18 Mbps este ano, representando um 20% redução. O mesmo fenômeno foi observado no Canadá, com velocidades de upload caindo 18% – a partir de 09.16 Mbps para 9.21 Mbps — no mesmo período de tempo. Okla os dados recém-publicados fazem parte de uma série contínua que acompanha o desempenho dos serviços de internet via satélite em vários continentes, incluindo América do Norte, América do Sul, Europa e Oceania.

O uso de satélites de baixa órbita terrestre, também conhecidos como LEOs, tem sido fundamental para a rápida expansão do Starlink. SpaceX ét sozinho com seu interesse em levar o acesso à internet para áreas carentes — a Amazon se juntou ao negócio de internet via satélite de alta velocidade com o Projeto Kuiper. E enquanto issos desde que faliu, o Google experimentou a ideia através do Projeto Loon. 362198168193 362198168193362198168193

POLÍCIA

PRF apreende mais de 7 mil comprimidos de ecstasy em Porto Alegre

Três homens foram presos e mais de 7 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos na tarde de ontem (8) em Porto Alegre/RS. De acordo com...

Menino de seis anos morre após ser baleado dentro de casa em Imbé

Bryan Vidal Ferreira, de seis anos, morreu na manhã desta segunda-feira (8) em um hospital de Porto Alegre. Ele foi internado após ter sido...

Pai e filho são baleados dentro de residência em Imbé

Um policial militar da reserva, de 50 anos, e o filho dele, de seis anos, foram baleados após terem sua casa invadida por criminosos...