Em diligência realizada na tarde do dia 14/06 a polícia civil juntamente com a polícia militar, encontrou 12 bananas de dinamite em uma casa na localidade da Linha Italiana, interior de Cerro Grande do Sul.

A diligência foi realizada após investigações preliminares apontarem que o suicídio na madrugada do dia 14/06, tinha ligação com uma quadrilha que planejava assaltar bancos na cidade. Após colher informações, foi feito deslocamento até a residência de um dos suspeitos da quadrilha e foi obtido êxito na localização de 12 bananas de dinamite, utilizadas para explosão de agências bancárias, que já estavam prontas para utilização.

Além dos explosivos, foi localizado R$1.800,00 em espécie, diversos estojos de munições deflagradas, provavelmente utilizado para treinamento da quadrilha, além de outros objetos que serão utilizados na investigação. No veículo de outro suspeito foi encontrado um carregador com 20 munições calibre 762 intactas, calibre com poder de atravessar paredes de concreto. Indícios levam a crê que as agências de Cerro Grande do Sul eram os alvos. Uma guarnição do BOPE foi chamada e metade da carga foi explodida a outra parte será direcionada para perícia.

Material encontrado em casa do indivíduo leva a crer que planejavam assalto a agencia bancaria na cidade

No veículo de outro suspeito foi encontrado um carregador com 20 munições calibre 762 intactas, calibre com poder de atravessar paredes de concreto, também uma munição do mesmo calibre que o atirador utilizou além de um carregador com munição de fuzil, uma lanterna potente e um cobertor. Segundo a polícia, os indícios levam a crer que as agências de Cerro Grande do Sul eram os alvos.

A Polícia Civil e a Brigada Militar seguem em ações conjuntas no combate a criminalidade na cidade.

Informações: Polícia Civil