Manga de chuva traz esperança a Cerro Grande do Sul

No dia em que grande parte da zona urbana do município ficou sem abastecimento de água um alento veio do céu no final da tarde desta sexta-feira, 09 de fevereiro, em Cerro Grande do Sul.
Com três meses de estiagem o leito do arroio São Silvestre está praticamente seco e o ponto de captação de água da Corsan no topo da cachoeira, cartão postal do município, não deu mais conta da vazão dos cano. O resultado foram muitas caixas d’água vazias na cidade.
A forte pancada de chuva, ao cair da noite, chegou como uma bênção e além de refrescar a temperatura deverá dar sobrevida às sangas. O certo é que são necessários muitos milímetros de chuva para que as nascentes se recuperam, mas a previsão meteorológica para os próximos dias, da chegada de uma frente fria e da possibilidade de chover até 60 milímetros até a próxima segunda-feira (12), anima os sulcerrograndenses que já amargam grandes prejuízos na agricultura.

POLÍCIA

Mulher é presa no município de Camaquã

Durante a tarde desta quarta-feira (18), agentes de segurança pública efetuaram a prisão preventiva de uma mulher em Camaquã. A operação ocorreu por meio...

Dupla é presa em Camaquã após roubo a estabelecimento comercial

Durante a noite desta segunda-feira (16), aproximadamente às 22h15, os agentes de segurança do 30º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram a prisão de...

Polícia investiga roubo de gado comandado de dentro da cadeia

Na tarde desta segunda-feira (16) a Polícia Civil através da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Camaquã deu início...