A Brigada Militar de Cristal apresentou um jovem de 17 anos, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Camaquã que, segundo denúncia, teria efetuado um disparo de arma de fogo em razão de ter discutido com um desafeto seu.

Ninguém foi atingido pelo tiro e quando os policiais chegaram no local do ocorrido encontraram uma espingarda calibre 36 abandonada na frente de uma casa, quando populares apontaram que o menor que estava na residência teria sido o autor do disparo.

O suspeito foi localizado e detido. Em seguida foi conduzido até a DPPA de Camaquã onde foi feito o registro e a apreensão da arma. O jovem foi entregue ao conselho tutelar de Cristal.