Aproveitando a sessão ordinária que ocorreria na Câmara de Vereadores, em Chuvisca, na noite desta terça-feira, 11 de agosto, a população local organizou uma carreata em protesto a atitude do vereador Helio Langaz (Progressistas), suspeito de ter atropelado uma pessoa identificada como Lorena Tavares da Silva, de 59 anos, no sábado (08), ocasião em que deixou o local sem prestar socorro à vítima.

A carreata, com direito a buzinaço, passou pela avenida principal da cidade onde encontrou apoio de alguns moradores. Em seguida munido de cartazes com pedidos de justiça, os manifestantes se concentraram em frente ao prédio do Legislativo Municipal onde o vereador deveria participar da sessão, contudo ele não compareceu ao compromisso.

De acordo com informações do portal de notícias Donfa News, o assessor jurídico da Câmara de Vereadores informou que o futuro do vereador na Casa de Leis é incerto. Disse também que o Legislativo se solidariza com a vítima e que está dando o apoio possível no tratamento médico necessário.

Na ocasião do acidente a vítima foi socorrida por populares e conduzida ao hospital Nossa Senhora Aparecida, em Camaquã, onde segue internada aguardando um leito de UTI, pois sua condição inspira cuidados devido às fraturas múltiplas sofridas com o impacto.

Foto: Donfa News

Com informações do portal Donfa News