Na tarde desta quinta-feira, dia 21, o município de Cerro Grande do Sul iniciou a vacinação contra o coronavírus. Neste primeiro momento chegaram ao município apenas 15 doses da vacina CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantan. Estas doses serão aplicadas em profissionais que atuam na área da saúde, caso de enfermeiros, médicos, motoristas, entre outros trabalhadores.

A técnica em enfermagem Maria de Lurdes Pacheco Schaidhauer, de 63 anos, foi a primeira a ser vacinada. Em conversa com o Portal ClicR ela disse estar muito contente. “Me sinto muito feliz. Quando recebi o convite aceitei na hora”, frisou ela. “Espero que esta pandemia termine o mais rápido possível. Muitas vidas já foram perdidas”, lamentou Maria.

Ao Portal ClicR a secretária Maria Helena comemorou o início da imunização apesar do número pequeno de doses disponíveis neste primeiro momento. A secretária também informou que ainda nesta semana serão disponibilizadas mais doses ao município. “A nova leva de vacinas será destinada aos municípios que tem postos de atendimento 24 horas, caso do nosso município. A promessa do governo é enviar doses que contemplem 34% dos profissionais da área da saúde”, informou Maria Helena.

Atualmente, o município conta com cerca de 130 profissionais atuando na saúde, o que representaria o envio de cerca de 40 novas doses da vacina.

A SMS trabalha com a perspectivada de que daqui a um mês comecem a chegar as doses que serão destinadas aos idosos, pessoas com deficiência e demais pessoas que fazem parte do grupo de risco à Covid-19.

Secretária Maria Helena (d) e adjunta Vanessa Silveira (e)

“É importante que as pessoas saibam que a chegada das vacinas não depende do município e nem do Estado. Depende exclusivamente do Governo Federal”, ressaltou.

Sobre a situação atual do município diante da pandemia a secretária classificou como “tranquila”. “Não temos casos graves atualmente. Infelizmente tivemos seis óbitos, todas estas pessoas tinham alguma doença grave que foi agravada em decorrência do coronavírus”, pontuou Maria.

Por fim, a secretária pediu que a comunidade continue seguindo as recomendações sanitárias, evitando aglomerações, usando máscara e álcool gel. “Mesmo com este começo de vacinação é fundamental que todos continuem se cuidando”, ressaltou.

O ato simbólico que marcou o início da vacinação no município foi acompanhado pela secretária municipal de saúde, Maria Helena Skopinsk, chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, enfermeira Fabiana Zilmer e demais profissionais ligadas à saúde.