A Polícia Federal e a Polícia Civil deflagram, na manhã desta terça-feira (05/11), a Operação Conesul III, para desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas e à lavagem de dinheiro.

Cerca de 50 policiais federais e civis cumprem seis mandados de busca no município de Camaquã. Também foi autorizado pela Justiça Federal o sequestro de imóveis, bloqueio de contas bancárias e apreensão de veículos.
A investigação teve início em maio de 2018 pela Polícia Civil e identificou que o grupo criminoso adquiria cocaína na fronteira Brasil/Paraguai para distribuição em Camaquã, Uruguaiana, Alegrete, Rosário do Sul e São Gabriel, entre outros municípios do estado.

Em abril de 2019, houve declinação de competência pela Justiça Estadual por se tratar de tráfico internacional de drogas e a investigação passou para a Polícia Federal.

Durante as investigações, foram apreendidos 17,9 quilos de cocaína em Osório/RS (25/07/2018) e 6,4 quilos da droga em Guaíra/PR (27/11/2018), que resultaram na prisão em flagrante de duas pessoas.
O líder da organização criminosa está preso na Penitenciária Modulada de Uruguaiana e responderá pelos crimes investigados na Operação Conesul III.