A Polícia Civil, através da DP de Camaquã, prendeu preventivamente na manhã desta quinta-feira, 12 de agosto, um pastor evangélico, acusado de abusar sexualmente de mulheres que frequentavam a igreja.

Segundo relatos das inúmeras vítimas, o pastor as convidava para uma “campanha de oração” em uma sala reservada, local onde cometia os abusos.

A prisão foi cumprida na residência do suspeito, que fica no bairro Floresta, em Camaquã. Na oportunidade, também foi cumprido Mandado de Busca e Apreensão.

A operação batizada de “Cordeiro de Deus” contou com a participação de cinco agentes policiais em duas viaturas foi comandada pela Delegada Vívian Sander Duarte.

* O nome do pastor não foi divulgado em razão da Lei de Abuso de Autoridade (Lei 13.869/2019).