Paróquia São José da Fortaleza celebra Romaria das Capelinhas em Cerro Grande do Sul

Tradicional Romaria das Capelinhas volta a acontecer após pausa de dois anos devido à pandemia

A tradicional Romaria das Capelinhas volta a acontecer em Cerro Grande do Sul após um hiato de dois anos, devido à pandemia de covid-19. A procissão festiva está programada para o dia 21 de agosto, em sua 22ª edição na Paróquia São José da Fortaleza.

“Nossa romaria é um gesto de fé, principalmente neste ano que temos tanto a agradecer após o enfrentamento da pandemia. Esta edição de 2022 traz especial alegria por ser a primeira festa realizada na Matriz após a suspensão dos eventos”, disse padre Milton Jacó Krindges, pároco da Matriz.

O tríduo preparatório inicia dia 17 de agosto, com celebração de missa, reflexão de temas voltados para a valorização familiar e bênção especial às famílias.

No dia 18 de agosto haverá bênção especial aos idosos e, dia 19, bênção às crianças e jovens. Também no dia 19 de agosto, acontecerá, na igreja, o Sextou Jovem, organizado pelo grupo de jovens da paróquia. Na ocasião, eles serão responsáveis pela preparação da missa.

Já no dia 21 de agosto, ocorrerá a caminhada que reúne fiéis da comunidade católica de Cerro Grande do Sul. Os pontos de partida serão cada uma das vinte comunidades que compõem a Paróquia São José da Fortaleza. Todos os participantes seguirão para o centro da cidade, onde se reunirão antes de dirigirem-se para a Igreja Matriz para celebrarem a Santa Missa.

“Dezenas de pessoas se reúnem em caminhada, chegando a percorrer cerca de 30km, cumprindo promessas e agradecendo as graças alcançadas”, informou o sacerdote Krindges.

Segundo o padre, o evento será uma forma de preparação para a Romaria paroquial de outubro, do Vicariato de Guaíba (subdivisão da Arquidiocese de Porto Alegre).

Após a missa do dia 21 de agosto, acontecerá um almoço, com o objetivo de unir a comunidade em um momento de descontração e partilha. Os festejos populares se estenderão durante a tarde.

“Celebrar a Romaria das Capelinhas é celebrar a presença constante de Maria em nossas casas, em nossas famílias. E não há maior exemplo a ser seguido do que o de Nossa Senhora, que nos atrai constantemente para seu Filho, Jesus Cristo”, disse padre Krindges.

*Colaborou para a matéria padre Milton Jacó Krindges

POLÍCIA

PRF apreende mais de 7 mil comprimidos de ecstasy em Porto Alegre

Três homens foram presos e mais de 7 mil comprimidos de ecstasy foram apreendidos na tarde de ontem (8) em Porto Alegre/RS. De acordo com...

Menino de seis anos morre após ser baleado dentro de casa em Imbé

Bryan Vidal Ferreira, de seis anos, morreu na manhã desta segunda-feira (8) em um hospital de Porto Alegre. Ele foi internado após ter sido...

Pai e filho são baleados dentro de residência em Imbé

Um policial militar da reserva, de 50 anos, e o filho dele, de seis anos, foram baleados após terem sua casa invadida por criminosos...