PF combate o comércio ilegal de cigarros

Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul
Barão do Triunfo está entre as cidades que teve ação da Polícia Federal
A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10/10) a Operação Pancada, para desarticular duas grandes organizações criminosas investigadas por comercializar irregularmente cigarros contrabandeados ou distribuídos com sonegação de tributos.
Cerca de 250 policiais federais cumprem 16 mandados de prisão e 66 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.
A investigação iniciou em março de 2018 quando a Polícia Federal descobriu um depósito em Rio Grande com 380 mil maços de cigarros estrangeiros, avaliados em R$ 2 milhões. Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrante.
A investigação constatou a atuação de organizações criminosas que distribuíam, na zona sul do Estado, cigarros contrabandeados e, também, produzidos clandestinamente no País, de marcas idênticas às paraguaias. O preço do produto falsificado, muitas vezes, era inferior ao do cigarro contrabandeado.
Estima-se que as organizações criminosas movimentavam mais de R$ 2,5 milhões por mês com a distribuição de meio milhão de maços de cigarro na região. A investigação teve o apoio da Receita Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

POLÍCIA

PRF apreende mais de 650 kg de agrotóxicos contrabandeados em Ijuí

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 650 kg de agrotóxicos contrabandeados em duas ocorrências distintas na manhã deste sábado (6). Os casos...

Homem que transportava espingarda em ônibus é preso em Torres

Um homem de 35 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (5) transportando uma espingarda em um ônibus de linha abordado em Torres/RS, no...

PF deflagra ação contra fraudes ao auxílio emergencial em Butiá

Na manhã de ontem (5), a Polícia Federal (PF) deflagrou uma ação para reprimir fraudes ao auxílio emergencial. A operação aconteceu no município de...