No dia 27 de março, durante a programação da 19ª Expoagro Afubra, em Rio Pardo (RS), acontece o evento “Educação Contra o Trabalho Infantil”. Nele, serão lançados os Planos de Trabalho para a implementação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), construídos nos municípios de Arroio do Tigre, Sobradinho, Lagoa Bonita do Sul e Ibarama (RS).

Os planos foram desenvolvidos em conjunto envolvendo comunidades, autoridades públicas e o programa ARISE – Achieving Reduction of Child Labor In Support of Education (Alcançando a Redução do Trabalho Infantil pelo Suporte à Educação).

O ARISE é uma iniciativa da Japan Tobacco International (JTI), Winrock International e Organização Internacional do Trabalho (OIT), e  seu objetivo é prevenir e reduzir o trabalho infantil em áreas onde a JTI atua.

Sobre os Planos

Os Planos de Trabalho são ações estratégicas para garantir a execução do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social e que foi redesenhada em 2014 pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.

Nos municípios de Arroio do Tigre, Sobradinho, Lagoa Bonita do Sul e Ibarama, a JTI, Winrock International e OIT apoiaram as equipes técnicas municipais na discussão e elaboração de um plano de trabalho que pudesse avançar de forma efetiva na prevenção e erradicação do trabalho infantil no meio rural.

“A cultura do tabaco no Brasil é 100% de agricultura familiar e é obrigação de todos os envolvidos nessa cadeia garantir que nenhuma criança menor de 18 anos trabalhe. Por isso o ARISE tem um papel tão importante de mobilizar todos os setores da sociedade para discutir práticas, elaborar planos e viabilizar soluções que garantam acesso à educação, além de incentivar o empreendedorismo das famílias como forma de geração de renda”, contextualiza Flavio Goulart, diretor de Assuntos Corporativos e Comunicação da JTI.

O lançamento dos Planos de Trabalho contará com a participação das entidades envolvidas e, após a cerimônia, haverá um debate transmitido ao vivo pelo Canal Rural para discutir boas práticas sobre o tema, com os seguintes convidados:

Mediadora: Kellen Severo

(Âncora e editora-chefe do Mercado&Cia, Canal Rural)

Martin Hahn (Diretor do escritório da OIT no Brasil)

Denise Natalina Brambilla González (Auditora-fiscal da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado do Rio Grande do Sul – SRTE/RS, coordenadora do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil – FEPETI/RS)

Covatti Filho (Secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul)

Contexto

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 2,67 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos em situação de trabalho infantil. As informações são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua de 2015 (PNAD).

Diante dessa realidade, que também acontece em outros países, a Japan Tobacco International (JTI), a Winrock Internacional e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) juntaram-se em uma parceria global e criaram, em 2011, o programa ARISE – Achieving Reduction of Child Labor In Support of Education (Alcançando a Redução do Trabalho Infantil pelo Suporte à Educação).

As atividades do ARISE acontecem no Brasil, Malawi, Zâmbia e Tanzânia, e incluem o acesso de crianças à educação em contraturno, a conscientização sobre a importância da eliminação do trabalho infantil como uma necessidade social e o fornecimento de meios de empoderamento econômico para as comunidades participantes.

Serviço

Educação Contra o Trabalho Infantil

Quando: 27 de março (quarta-feira)

Onde: Centro Vocacional Tecnológico (CVT), no Parque da Expoagro Afubra

Horários:

Lançamento dos Planos de Trabalho do PETI: 9h

Debate ao vivo transmitido pelo Canal Rural: 10h

Coletiva de imprensa: 11h45