Polícia intercepta entrada de drogas e telefone no presídio

Dois dias após a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) ter feito uma revista geral no Presídio Estadual de Camaquã, quando apreendeu uma grande quantidade de armas brancas, drogas e aparelhos de telefone celular, novas tentativas de fazer chegar material aos presos foram interceptadas pelos policiais, entre a noite da quarta-feira (04) e a manhã desta quinta-feira (05).
Os agentes da Susepe e policiais militares que trabalham no local viram quando ocorreram os arremessos por cima do muro e recolheram o material. Nos pacotes haviam maconha, num total de 340 g, um aparelho de telefone celular e um carregador.
A polícia diz que esta é uma forma comum para a entrada de material ilícito na casa prisional, pela proximidade com a rua e que as tentativas são frequentes, fatos que dificultam o controle. As autoridades pedem que a comunidade auxilie informando ações suspeitas do tipo ligando para o 190 ou para o presídio pelo telefone 51 3671 4426.
Ainda não há informações de quem jogou os pacotes e para quem seriam os materiais.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: