A Polícia Civil de Camaquã está investigando um possível caso de vilipêndio de cadáveres (desrespeito aos mortos) e crime ambiental depois que recebeu denúncia do descarte irregular de restos de caixões funerários e possíveis restos mortais de pessoas, no aterro sanitário municipal da cidade.

O fato ocorreu no final da tarde da sexta-feira, 16 de abril, quando os policiais foram alertados por uma denúncia que algumas pessoas teriam carregado uma caçamba em frete a um cemitério do bairro Vila Nova com sacos pretos contendo os materiais que teriam sido descartados no aterro sanitário

A polícia foi até o local indicado onde a caçamba teria descarregado os referidos sacos e os encontrou enterrados sob uma camada superficial de terra. Dentro dos volumes haviam restos de caixões, incluindo alças douradas, pedaços de madeira já em decomposição, vestes masculinas e femininas e o que pareciam ser restos mortais de pessoas, inclusive cabelos.

Os itens encontrados foram recolhidos pela polícia para ser encaminhado á perícia criminal. Um inquérito policial deverá ser aberto para apurar os fatos.