Polícia prende criminosos que roubavam carros e ameaçavam vítimas

Grupo usava arma de fogo e agia em duplas ou trios

Na manhã dessa quinta-feira (28), 6 pessoas foram presas em operação policial realizada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubo de Veículos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DRV/DEIC), com o apoio do Grupo de Roubo de Veículos da Brigada Militar (GRV/CPC/BM) e da Corregedoria-Geral do DETRAN. Ação ocorreu em Porto Alegre, Canoas, Sapucaia do Sul e Gravataí, com o objetivo de combater delitos de associação criminosa armada, roubos de veículos, porte ilegal de armas de fogo, receptações de carros roubados e adulteração de sinais identificadores.

A operação deu cumprimento a 10 ordens judiciais, entre mandados de prisão temporária e de busca e apreensão, cumpridos nos bairros Cristal, Vila Cruzeiro, Vila Planetário, Sarandi e Campo da Tuca, todos na Capital, bem como nos municípios de Canoas, Sapucaia do Sul e Gravataí. Participaram da ação cerca de 30 policias civis e militares.

No município de Gravataí, os policiais, acompanhados de equipe da Corregedoria-Geral do DETRAN, efetuaram o cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão em um desmanche de veículos, apontado pela investigação como local onde seriam desmanchados veículos roubados na Capital.

Foto: PCRS

A investigação

As medidas judiciais cautelares executadas na ação de hoje são decorrentes de investigações que se iniciaram há mais de 6 meses, oportunidade em que, após constante troca de informações entre as Polícias Gaúchas, resultaram identificados diversos criminosos que encomendam ou praticam roubos de veículos em variados bairros de Porto Alegre, durante o dia ou à noite, sempre mediante o emprego de armas de fogo municiadas.

De acordo com as provas constantes dos procedimentos policiais instaurados, os criminosos agem em duplas ou em trios, impondo às vítimas violência ou grave ameaça, portando consigo armas de fogo. Na maioria dos casos, aproveitando-se do momento em que a vítima se encontra distraída, aproximam-se do veículo escolhido e anunciam o assalto, em seguida fugindo com o carro e demais pertences pessoais das vítimas, como bolsas, cartões créditos, aparelhos de telefonia celulares, dinheiros, carteiras, entre outros.

No decorrer dos mais de 6 meses de investigações policiais, diversas vítimas compareceram à sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais, onde reconheceram, por fotografia, os investigados presos hoje como sendo os autores dos roubos de veículos apurados. De posse dos autos de reconhecimento por fotografias, a Autoridade Policial representou perante o Poder Judiciário pela expedição dos mandados de busca e apreensão e de prisões temporárias cumpridos na operação de hoje.

Fonte: Ascom PCRS

POLÍCIA

Acidente com vítima fatal na ERS 350 em Chuvisca

Motociclista veio a óbito ainda no local No final da manhã desta quinta-feira (26), um acidente de trânsito grave envolvendo um automóvel Ford Ka Vermelho...

Policia Civil recupera, em Guaíba, carga roubada de Canoas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas (DRFC), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), sob...

Operação policial desarticula quadrilha que atacou carro forte em Guaíba

Na manhã desta quarta-feira (25), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ª DR), do Departamento Estadual...