Após a investigação de uma denúncia de possível caça ilegal de animais silvestres e mau tratos de animais domésticos a Delegacia do Meio Ambiente do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma propriedade rural na localidade de Linha Alves, em Mariana Pimentel, na tarde desta quarta-feira, 12 de maio.

Na residência do acusado a polícia encontrou e resgatou 14 cachorros em condições de maus tratos, sendo que 3 destes estavam em um galpão sem ventilação, higiene e comida. Os policiais localizaram ainda uma espingarda calibre 12 sem número de registro, além de vasta munição e equipamentos de recarga de cartuchos.

O proprietário da residência foi detido e autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e maus tratos a animais domésticos e poderá pegar até cinco anos de detenção, além ter que pagar multa.

A secretaria municipal de Agricultura de Mariana Pimentel foi comunicada do ocorrido através de ofício enviado pelo Deic, solicitando atenção ao caso. Neste sentido o médico veterinário ligado a pasta angariou doações de ração e esteve no local para avaliar a situação, alimentar e prestar atendimento aos animais.