A Polícia Civil efetuou duas prisões e dois mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira, 11 de maio, após investigações que apuraram a autoria de um crime com requintes de crueldade no interior de Dom Feliciano.

A ação policial visava esclarecer o desaparecimento de um homem de 42 anos, desde o dia 15 de fevereiro deste ano.

Foto: Divulgação/PC

Durante as diligências, restou apurado que a mulher que vivia com a vítima primeiramente sedou o companheiro com o uso de uma superdose do medicamento Diazepan (forte calmante) misturado ao suco de laranja. Após o homem ter caído em sono profundo ela o colocou dentro da fornalha da estufa de secagem de fumo, da casa da família, onde o corpo foi consumido pelas chamas.

A polícia não revelou detalhes da operação nem os nomes dos envolvidos. As diligências foram coordenadas pela Delegada de Polícia, Vívian Sander Duarte com a participação de oito policiais civis em 03 viaturas.