Cerca de 16 suspeitos, foram presos pela polícia do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira, 22, acusados de planejarem invadir o Estádio do Maracanã, no jogo de Flamengo e Grêmio pela semifinal da Copa Libertadores, que acontece na noite da próxima quarta-feira, 23.

A prisão faz parte de uma ação da polícia civil do Rio, que visa cumprir 27 mandados de prisão e 89 intimações do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos, com objetivo de impedir que suspeitos se aproximem do estádio nesta quarta.

Segundo as investigações, o grupo estava se preparando para falsificar ingressos, roubar torcedores (especialmente gremistas) e invadir o estádio.  Através do monitoramento das redes sociais, a polícia teve acesso a áudios dos suspeitos desafiando as forças de segurança e a conversas em que planejam os ataques.

Em dos grupos de troca de mensagens, cerca de 150 pessoas estariam marcando local de encontro para cometer os crimes.

Segundo a polícia, mais suspeitos devem ser presos até o fim do dia. Serão 800 policiais fazendo a segurança ao entorno do estádio no dia do jogo. Flamengo e Grêmio se enfrentam pela semifinal da Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira, 23.

 

Fonte: Globo.com