Um comerciante de Tapes foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira, 30 de dezembro, por posse irregular de arma de fogo.

A ação policial se deu após denúncia de que o comerciante estaria importunando sexualmente suas clientes e ostentando arma de fogo na cintura.

Após verificar a denúncia e identificar o acusado a autoridade policial representou por mandado de busca e apreensão que foi concedido pelo poder judiciário. O cumprimento do mandado resultou na prisão em flagrante do comerciante que, após pagamento da fiança, foi posto em liberdade.