Na tarde desta segunda-feira, 12 de julho a Polícia Civil prendeu em Camaquã um homem acusado de ter sido o autor do disparo de arma de fogo que resultou na morte de Juliano da Silva Dumer, atingido no tórax. O crime ocorreu no dia 21 de junho passado, no bairro Bom Sucesso, em Camaquã.

A ação policial se deu em cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pela justiça, resultante de investigação policial que aponta a autoria do homicídio doloso. Segundo as investigações, o crime ocorreu por motivo fútil, após desacordo comercial na venda de drogas.

A prisão ocorreu após um cerco policial numa propriedade rural na localidade do Rincão do Facão, em Chuvisca/RS.

Participaram da operação 06 agentes policiais e 02 viaturas. A ação foi coordenada pela Delegada Vivian Sander Duarte.