Na noite deste domingo, 31 de janeiro, o policial militar Renan Eckert Meyer, 24 anos, tirou a própria vida com um tiro na cabeça, em Sertão Santana.

O fato ocorreu por volta das 19 horas e foi presenciado pelo irmão Jonathan e pelo pai João Meyer, que estavam no pátio da residência onde tudo aconteceu.

O pai revelou que o rapaz sempre foi tranquilo, mas às vezes quando exagerava na bebida de álcool ficava bastante alterado, conforme ocorreu no domingo. Uma discussão com o irmão teria gerado o estresse que culminou no ato trágico.

O soldado havia ingressado na corporação militar há cerca de dois anos e trabalhava em Porto Alegre. Desde dezembro de 2019 estava casado com Bianca Meyer, com a qual teve uma filha.

Os atos fúnebres devem ocorrer assim que o corpo estiver liberado pelo Instituto Geral de Perícia e o sepultamento está marcado para acontecer às 18 horas, no cemitério da localidade de Capitão Garcia.