Os tutores de gatos sabem muito bem que os bichanos são verdadeiros acrobatas. Muito ágeis e flexíveis, eles costumam dar saltos incríveis e escalar os locais mais inusitados. Entretanto, uma habilidade específica desses animais se destaca e faz com que questionemos o seguinte: por que o gato sempre cai em pé?

Esse incrível comportamento dos gatos confere a eles a habilidade de sair andando com muita elegância depois de quase qualquer salto. Mas como isso é possível? Os animais se machucam ao cair de pé? Descubra essas e muitas outras informações a seguir! 

 

Qual o principal motivo para os gatos caírem em pé?

Ao se depararem com um bichano prestes a pular de um local alto, algumas pessoas podem até se assustar. Porém, o mais provável é que elas acabem surpreendidas e aliviadas ao verem o gato caindo em pé. 

O motivo por que o gato sempre cai em pé é a presença de uma espécie de “radar” em seu organismo. Quem diz isso é o Dr. Samuel Teófilo, médico-veterinário da Petz. A partir desse mecanismo, o pet consegue direcionar suas patas em direção ao solo e cair com  suavidade. 

Porém, isso não quer dizer que os gatos são infalíveis. Dependendo da altura, da velocidade e, claro, da habilidade do animal, a queda pode ser bem desastrosa. Sendo assim, se você mora em locais altos e com risco de queda, certifique-se de garantir a segurança do pet com grades e telas. 

De onde vem essa habilidade?

Os bichanos podem ser amáveis e carinhosos, mas a verdade é que eles ainda guardam muitas características de sua vida selvagem. Esses instintos de predador ajudam a explicar por que o gato sempre cai em pé.

Na natureza, os felinos sobem em árvores e pulam de galho em galho com frequência. Nesta atividade um tanto perigosa, as quedas são frequentes. Assim, só os animais mais aptos se adequaram ao ambiente e ao estilo de vida. Ou seja, só sobreviveram os gatos que tinham a habilidade de pular e cair com segurança.

os gatos conseguem cair em pé?

Como dissemos antes, o fato de caírem graciosamente está entre as curiosidades sobre gatos que mais impressionam. Entretanto, o procedimento para que isso aconteça é um tanto quanto simples. Quando caem eles seguem os seguintes passos:

  1. Primeiramente, a cabeça vira até encontrar uma superfície rígida;
  2. Pouco a pouco, o bichano vai virando o resto de seu corpo até estar totalmente direcionado para a superfície na qual deseja aterrissar;
  3. Por fim, o gato flexiona as patas ligeiramente para diminuir o impacto.

Entendeu por que o gato sempre cai em pé? Parece simples, mas poucos animais na natureza conseguem reproduzir esse feito. Sem contar que isso tudo acontece em questão de segundos!  “A coluna também tem um papel importante”, reforça o Dr. Samuel. “As vértebras são mais maleáveis, ajudando no impacto”, completa.

 

 

Perigos das quedas para gatos

Agora que você já entendeu por que os gatos caem em pé, chegou a hora de saber se a prática oferece riscos ao bichano. “Cair sempre é um risco. Fraturas ou lesões em órgãos internos são os ferimentos mais comuns.”, explica o Dr. Samuel.

Por isso, nada de testes para poder ver se o gato consegue mesmo cair de pé. Isso é perigoso para seu amigo. “O tutor também deve ter cuidado ao pegar o animal no colo e colocá-lo no chão”, lembra o veterinário. “Nesse processo, ele pode estar despreparado e se machucar”.

Um estudo de 1982, na cidade de Nova York, chegou a uma conclusão interessante sobre os felinos. A pesquisa indicava que gatos costumam se machucar, com mais frequência, caindo de alturas pequenas. “Alturas inferiores a 2 metros podem não dar tempo o suficiente para o animal se preparar.”, explica o Dr. Samuel.

O que fazer quando o gato se machuca durante a queda?

Se seu amigo peludo sofreu uma queda brusca, o recomendado é sempre procurar um veterinário. Ainda que o gato saia caminhando normalmente, sem machucados aparentes, um especialista deve ser consultado. 


“Há o risco de lesões internas, como contusão pulmonar”, explica o Dr. Samuel. “Nestes casos, somente um veterinário saberá identificar o problema”. Ou seja, nada de ser descuidado só porque gatos sempre caem em pé. Como explicamos, os bichinhos estão suscetíveis a acidentes.

Fonte: PETZ