Embora há cerca de dois meses os produtores rurais das associações de agricultores Costa do Velhaco e Astrarsul (Associação dos Trabalhadores Rurais Sulcerrograndenses) já estejam fazendo uso dos equipamentos agrícolas cedidos por meio de convênio pela prefeitura municipal, foi nesta segunda-feira, 28 de dezembro, que o prefeito municipal Sergio da Costa e a vice-prefeita Marlene Heidrich realizaram a entrega oficial das ferramentas.

O ato aconteceu no galpão da associação Costa do Velhaco, na propriedade do agricultor Cloado Ambos Danelon, em Linha Espanhola, onde os equipamentos ficam guardados, protegidos das intempéries climáticas.

Na ocasião a vice-prefeita destacou a importância da união de esforços da associação Costa do Velhaco que resultou nesta conquista, incluindo o empenho para a obtenção dos recursos para a compra dos implementos.

“Que esta coletividade sirva de exemplo para que outros grupos no município se organizem e possam também se fortalecer em associações para buscar melhorias de produção”, considerou Marlene.

O prefeito também elogiou o trabalho coletivo e considerou que esse perfil de associativismo e compartilhamento de ideias é a parte mais complicada do processo, porém fundamental para o sucesso da produção rural das pequenas propriedades, sobretudo para a diversificação de cultura.

“É um processo em que todos saem ganhando, incluindo os associados que terão o acesso aos equipamentos e a gestão deles. Já o município tem diminuído o ônus da manutenção destas ferramentas e do custo da prestação de diversos tipos de serviço”, pontuou o prefeito.

O presidente em exercício da associação, Maiquel Kologeski reforçou que todos os implementos foram escolhidos pelos associados de acordo com a necessidade do grupo e que já foi criado um protocolo de utilização com regramentos e taxas de manutenção.

“Somos um total de 16 famílias ligadas a associação e todas as decisões são tomadas em grupo. Os cargos de direção estão ocupados como forma de cumprir protocolo de modo que as deliberações obedecem a vontade da maioria”, explicou.

Os implementos

Ao todo foram adquiridos 14 equipamentos, sendo estes: uma encanteiradeira, um classificador de sementes, uma carreta metálica hidráulica, um perfurador de solo hidráulico, dois arados subsoladores de 07 hastes, um distribuidor e semeador de adubos e sementes, uma roçadeira hidráulica, uma concha carregadeira hidráulica, dois pulverizadores agrícolas (350 litros e 600 litros), dois distribuidores de adubos e calcário e uma plantadeira hidráulica de três linhas.

Recursos e convênio

Todos os equipamentos foram adquiridos pela prefeitura municipal através de certame licitatório com dinheiro de emendas parlamentares indicada pelos deputados Pepe Vargas e Marco Maia, ambos do PT, na ordem de R$ 200 mil no total.

A articulação política para esta conquista foi promovida pelo diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, sobretudo pelo ex-presidente municipal, Ademar Anderle, que também é um associado da Costa do Velhaco.

A cedência dos equipamentos à associação se deu mediante chamada pública promovida pelo município, em outubro deste ano, da qual participou a associação de agricultores Costa do Velhaco e que atendeu aos requisitos, incluindo apresentação de projeto de contrapartida. O contrato de cedência foi firmado pelo prazo de dez anos com renovação automática pelo mesmo prazo.

Repasse de implementos

Através de um acordo firmado entre as associações de agricultores do município, a Costa do Velhaco, concordou em ceder uma selecionadora de sementes para a associação Astrarsul, que já está fazendo uso do equipamento. Também deverá ser repassado para a associação de produtores rurais de Data dos Tavares um distribuidor de adubos e calcário e a plantadeira hidráulica de três linhas, contudo a beneficiária ainda precisa resolver trâmites burocráticos para a regularização de documentação da entidade para estar apta a receber as ferramentas, enquanto isso as mesmas seguem guardadas e sem uso.