Prefeitura propõe projeto que aumenta os salários dos procuradores

Camaquã – A administração municipal de Camaquã reapresentou na Câmara de Vereadores, no último dia 09 de abril, o Projeto de Lei que pretende elevar os salários dos procuradores do município. A matéria já havia sido apresentada à Casa de Leis em março do ano passado, mas retirada após ter repercutido negativamente no meio político e na imprensa local.
Desta feita seguem às criticas ao tema, principalmente por parte dos opositores ao governo que acusam uma incoerência do Executivo que tem divulgado a dificuldade financeira enfrentada pela prefeitura de Camaquã, que resultou inclusive em baixos reajuste aos servidores públicos, mas que pretende aumentar vencimento de uma classe distinta, composta na maioria por cagos em comissão (CCs).
O projeto que está sendo analisado por comissões, visa dividir o valor do Fundo Municipal da Procuradoria entre os cinco procuradores, em sua maioria cargos em comissão (CC). O salário atual dos procuradores em Camaquã varia entre R$ R$ 4.773,39 e R$ 5.884,42. O Fundo foi criado originalmente para reaparelhamento do setor.
Conforme o projeto do governo, dos valores arrecadados, 20% seriam destinados à manutenção da procuradoria. O restante, 80% do valor, seria dividido entre os procuradores. Até o início do último ano, o Fundo contava R$ 130.630,85.
Os vereadores devem decidir se é prioridade dividir entre os procuradores os recursos do Fundo ou mantê-los para o reaparelhamento do mesmo.

POLÍCIA

Mulher é presa no município de Camaquã

Durante a tarde desta quarta-feira (18), agentes de segurança pública efetuaram a prisão preventiva de uma mulher em Camaquã. A operação ocorreu por meio...

Dupla é presa em Camaquã após roubo a estabelecimento comercial

Durante a noite desta segunda-feira (16), aproximadamente às 22h15, os agentes de segurança do 30º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram a prisão de...

Polícia investiga roubo de gado comandado de dentro da cadeia

Na tarde desta segunda-feira (16) a Polícia Civil através da Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Camaquã deu início...