Tapes – Um grupo de professores aderiu na sexta-feira (25) a manifestação dos caminhoneiros e produtores rurais que ocorre no Trevo da Esquina de Tapes, na BR-116. A cada dia a mobilização ganha mais força e conquista apoiadores de diferentes segmentos da sociedade. Também na sexta, um grupo de taxistas de Tapes esteve no local manifestando o apoio a mobilização, que além de outras reivindicações, pede a diminuição nos preços dos combustíveis.

No local, os professores providenciaram um cartaz com os dizeres “Professores também apoiam a greve. Não vamos pagar pelos corruptos”. Para o professor Fábio Peres, a sociedade em geral deve aderir a mobilização. “Temos que participar do protesto de modo pacífico, mas não permitir os abusos de impostos e a corrupção que fere o nosso país neste momento (…). Não adianta somente nós irmos para a sala de aula e com demagogia ensinar nossos alunos o que é certo, também devemos lutar pelas causas da população”, frisou.

Para Fábio, os professores devem unir forças e através do conhecimento transmitir pra população a importância da cidadania. “Devemos mostrar tanto aos alunos dos agricultores como os filhos da comunidade urbana a importância de protestar e lutar pelos seus direitos (…), entendo que o direito do brasileiro hoje é não pagar a conta dos corruptos e sim batalhar por impostos justos e que sejam corretamente aplicados”, concluiu Fábio.

Neste sábado a mobilização dos professores deve ganhar ainda mais força.