A Polícia Rodoviária Federal divulgou números nesta quinta-feira, 25 de julho, que mostram uma redução significativa nas ocorrências de morte em acidentes nas rodovias federais gaúchas. As informações revelam que o primeiro semestre deste ano registrou 150 óbitos em acidentes nas rodovias do estado, sendo este o menor número desde 2003.

Segundo a PRF o direcionamento do policiamento ostensivo aos trechos considerados críticos, com fundamento no estudo estatístico, a intensificação da fiscalização das principais causas de acidentes graves e as campanhas de conscientização de crianças e adultos são ações da corporação que contribuíram para a redução da violência nas rodovias federais do Rio Grande do Sul.

Neste sentido, desde 2011, com o lançamento da Década de Ação pela Segurança no Trânsito (Nações Unidas), a PRF vem aumentando o investimento em tecnologia e na análise de dados visando a promover a paz no trânsito.

No primeiro semestre de 2019, a PRF atendeu 2.194 acidentes no estado que resultaram em 1.971 pessoas com lesões leves e 559 com lesões graves. Já em 2018, foram 2.418 acidentes com 1.999 feridos leves e 545 envolvidos com lesões graves.

As principais causas de acidentes nas rodovias federais são o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido, a embriaguez ao volante e a falta de atenção (por diversas causas).