Teste rápido deu falso negativo para o paciente que tinha Covid-19 em Barra do Ribeiro

Após a Secretaria Estadual da Saúde confirmar oficialmente do primeiro caso de Covid-19 no município de Barra do Ribeiro, no final da quarta-feira 13 de maio, o prefeito Jair Machado juntamente com a enfermeira Maria Luiza Castro do setor de Vigilância Epidemiológica, estiveram através de um vídeo nas redes sociais se pronunciando a respeito do assunto.

O prefeito Jair falou da tristeza sobre esta notícia que de certa forma abalou o município, de todas as restrições que se criou para evitar que alguém viesse a contrair este vírus, mas que infelizmente acabou acontecendo, e que agora é se cuidar cada vez mais, e destacou que a população tem que se conscientizar, e que a prefeitura deverá apertar cada vez mais o cerco com medidas mais severas para a população.

O prefeito ainda pediu desculpas a família da pessoa que veio a testar positivo, pela maneira que algumas pessoas reagiram e se manifestaram a respeito.

A enfermeira do setor de Vigilância Epidemiológica Maria Luiza Castro, explicou que o paciente foi isolado quando apresentou os primeiros sintomas da doença no final do mês de abril dia 29. Esta pessoa procurou atendimento sendo dado 14 dias de atestado e passado todas as orientações de segurança.

Maria detalhou ainda que teria dois testes para a pessoa fazer, um sendo o teste rápido e o outro através de coleta, então se optou por fazer o teste rápido, pois ainda não era indicativo de fazer o teste por coleta. O teste rápido foi feito lá pelo sétimo dia, coincidindo com o dia 7 de maio, no qual a pessoa apareceu no setor de Vigilância Epidemiológica e fez o Teste Rápido, sendo testado e dando negativo, novamente foi confirmado e repassado todas as orientações a esta pessoa, sobre uso de máscaras, higiene, distanciamento e demais cuidados.

No dia seguinte 8 de maio, esta pessoa fez de forma particular o teste por coleta em Porto Alegre, e no dia 13 de maio o município ficou sabendo via Secretaria Estadual da Saúde, que lhe informara que o município de Barra do Ribeiro tinha um caso positivo de covid19.

A partir de então o setor de Vigilância Epidemiológica tomou as devidas providências, avisando o paciente, teste nas pessoas com quem se teve contato, foi conversado com seu empregador,  também foi feito o teste em mais seis pessoas que residiam com o portador da Covid19 e estas testaram negativas.

“Agora, a partir desse momento cada vez infelizmente nós vamos ter mais casos, porque as cidades vizinhas tem bastante casos, eram quase um dos únicos que ainda não se tinha caso confirmado, e aqueles pacientes que se enquadrarem para testes sempre serão testados”, explicou Maria Luiza Castro.

Teste rápido não foi confiável

Nas redes sociais se comentou muito sobre a ineficiência do reste rápido sendo colocado como dúvida por muitas pessoas.

Maria Luiza Castro explicou: “Qualquer um dos dois testes podem dar um falso negativo.

Tudo é muito novo, os testes, os conhecimentos à cerca do Covid, os estudos. Tanto é que em janeiro Não se tinha nem teste rápido ainda. Sendo o rápido ou o outro, ambos podem dar negativo e a pessoa ainda assim ser portadora da covid. É confuso. Mas fizemos tudo que estava ao nosso alcance. Nós também ainda temos dúvidas (digo nós como profissional de saúde no geral, nem estou falando como enfermeira da secretaria de saúde), como disse antes, tudo muito novo. Estudos estão sendo feitos agora. É complicado por isso, porém estamos com as antenas bem ligadas. Se for o caso alguém dos testados com TR anteriormente negativo tiver sintoma, testaremos com o outro, obrigada e estamos sempre à disposição”.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: