A união entre Legislativo e Executivo pra combate do coronavírus também ocorreu em Tapes e depois de uma reunião virtual entre a maioria dos vereadores, ainda no dia 24 de março, os legisladores decidiram disponibilizar os valores das emendas impositivas deste ano para uso exclusivo ao combate da pandemia.

Das emendas impositivas individuais, que correspondem a 1,2 da receita corrente líquida do município

Os 50% das emendas impositivas que obrigatoriamente devem ser investidos na saúde estavam indicados para a compra de uma ambulância, recurso que soma R$ 283,7 mil e que agora poderá ser utilizado para compra de materiais necessários para o enfrentamento ao coronavírus.

Os vereadores também sinalizaram o redirecionamento da outra metade dos recursos para uso de combate a pandemia e seus efeitos, os quais já estão indicados a diferentes entidades do município. Porém para que isso ocorra os vereadores exigem a apresentação de um plano de trabalho pelo Executivo detalhando a aplicação da verba.

Existe ainda um questionamento quanto às emendas de bancadas, criada pelo Legislativo e questionada na justiça pelo Executivo. O valor destas soma mais de 378 mil, as quais também já estão indicadas pelos vereadores à diversas entidades, embora não haja uma decisão judicial definitiva.

Veja no quadro abaixo como estão indicadas as emendas: