Vídeo | Prefeito Gringo é acusado de destruir túmulos ao derrubar árvores em cemitério

Pelo menos 40 jazigos foram atingidos pelas madeiras

Dezenas de túmulos ficaram danificados no cemitério do Brasino, em Cerro Grande do Sul quando árvores de pinus que haviam no local foram derrubadas no final da manhã desta quarta-feira (13). Alguns dos pinheiros plantados há muitos anos no entorno do cemitério passavam dos 20 metros de comprimento e pelo menos dois deles caíram sobre os jazigos causando os estragos.

Populares afirmam que era o próprio prefeito Gilmar João Alba, o Gringo, que operava a motosserra. Instantes antes do incidente o administrador municipal havia publicado em seu perfil no Facebok, um vídeo derrubando uma das árvores do local. Mais tarde o vídeo foi removido da internet.

Diversas pessoas que possuem familiares ou amigos sepultados no cemitério estiveram no local e se indignaram com a situação, tanto pelo estrago propriamente dito, quanto pelo ato considerado por muitos como profanação e desrespeito.

Entre os túmulos quebrados estavam os de familiares de Leomara Podeleski Brock (marido, sogro e sogra). Ela esteve no local e se entristeceu com a cena. Disse que não entende como alguém possa ter feito tal coisa e afirma que vai procurar a reparação dos danos.

“Olha só o que fizeram. Não consigo acreditar. O que leva alguém a fazer uma coisa dessa?” Questionava a moradora.

Outro morador que se indignou foi Diogo Araújo. Ele conta que chegou no local quando o prefeito estava ainda serrando as árvores e chegou a “se estressar” com o administrador.

“Reclamei com ele do que estava fazendo e ainda se alterou comigo” disse Araújo que completou: “Quanto tempo agora vai levar pra consertar isso tudo? Logo na semana de Páscoa quando muitos familiares aproveitam o feriado pra visitar o cemitério. Olha só o que as pessoas vão encontrar aqui”.

Osmar Brock que teve túmulos de familiares destruídos disse que buscou orientação sobre o que fazer a respeito da situação. Fala que foi instruído a tirar fotos dos túmulos danificados e registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia para reclamar posteriormente.

As árvores derrubadas também atingiram os fios de alta tensão da rede de energia elétrica. O estrago deixou a comunidade inteira de Brasino e região sem luz.

Ao longo da tarde muitas pessoas estiveram no cemitério para ver de perto o ocorrido que se espalhou nas redes sociais e grupos de mensagens. A reação da maioria era de indignação e alguns chegavam a sugerir que o prefeito deveria ser preso pelo que teria feito.

Uma equipe de servidores da prefeitura municipal foi deslocada para o cemitério para remover as madeiras.

O Portal ClicR tentou contato com Gringo, mas as chamadas telefônicas caíram na caixa postal. Já as mensagens no aplicativo de mensagens foram entregues, mas não houve retorno.

Assista o vídeo:

POLÍCIA

Pai e filha são indiciados por associação criminosa armada em Tapes

Recentemente, a Delegacia de Polícia de Tapes instaurou um Inquérito Policial com o objetivo de identificar membros de uma quadrilha após inúmeros assassinatos ocorridos...

PRF prende motorista que fumava maconha enquanto dirigia

No final da manhã desta quinta-feira (19), a Polícia Rodoviária Federal prendeu um motorista que dirigia em zigue-zague. O homem, com diversas ocorrências e...

PRF prende traficantes e apreende mais de 700 kg de maconha no RS

Em três ações distintas no Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (18), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 700 kg de maconha,...