Barra do Ribeiro pode se tornar oficialmente “Terra da Fábrica de Gaiteiros”

O Projeto de Lei 61/2017 apresentado na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul quer declarar o município de Barra do Ribeiro como a Terra da Fábrica de Gaiteiros. O projeto de autoria do deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e já recebeu parecer favorável do relator, deputado Tiago Simon (PMDB).

Para o deputado a proposição é uma forma de valorizar e reconhecer o projeto social Fábrica de Gaiteiros, voltado à educação musical de crianças e jovens de sete a 15 anos, por meio do ensino do acordeão diatônico, conhecido popularmente como gaita de oito baixos. A iniciativa, desenvolvida pelo músico Renato Borghetti em parceria com a Celulose Riograndense, tem a sede em Barra do Ribeiro, inaugurada em 2014 às margens do Guaíba.

O processo de confecção dos instrumentos utiliza madeira certificada de eucalipto, proveniente de plantios renováveis, valorizando a questão socioambiental. Para o projeto, são produzidas gaitas e ministradas aulas práticas e teóricas para a formação musical dos pequenos gaiteiros. Além de Barra do Ribeiro, o Fábrica de Gateiros é realizado também em Guaíba, Porto Alegre, Tapes, Butiá, São Gabriel e Bagé, com a participação de mais de 200 crianças e adolescentes.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: