Bombeiros Voluntários precisam de doações para compra de equipamento

0

Um serviço prestado a população tapense e também regional em caráter de extrema importância, indispensável para sociedade e que tem ajudado a salvar vidas. A  equipe dos Bombeiros Voluntários de Tapes (CBVT) está com uma campanha de arrecadação do valor necessário, para a aquisição de um desencarcerador que fortalecerá o serviço prestado pelo grupo na região, principalmente para o atendimento de possíveis vítimas de acidentes de trânsito que possam ficar presas nas ferragens.

O valor de mercado do equipamento gira entorno de R$25 mil reais, contudo uma outra corporação de bombeiros ofereceu um desencarcerador semi-novo para os voluntários de Tapes pelo valor de R$8 mil reais. Com doações de empresas locais e de pessoas da comunidade o grupo já conseguiu arrecadar cerca de R$4 mil reais.

Há 13 anos, o Corpo de Bombeiros Voluntários coopera com a assistência a acidentes domésticos, combate a incêndio, salvamentos na Lagoa dos Patos e em açudes, e também em acidentes de trânsito que ocorrem frequentemente na ERS 717 e na BR 116.

Para o comandante do CBVT, Alessandro Vasque, a compra desde equipamento é de suma importância para o salvamento de vidas. Vasque lembra que na região somente os bombeiros de Camaquã e Guaíba possuem este equipamento, mas que em muitos casos o resgate acaba sendo prejudicado em virtude da distância percorrida para que o socorro chegue. “Nós não atendíamos acidentes nas rodovias, contudo devido ao grande números de chamadas pedindo ajuda, com pessoas encarceradas nas ferragens, nossa corporação começou a atender. As vezes os bombeiros estão em outro acidente, ou até mesmo demoram um pouco a chegar por causa do deslocamento, isso pode prolongar o sofrimento ou até mesmo acabar sendo fatal para as vítimas do trânsito (…), visando atender estes casos queremos adquirir este desencarcerador, pois muitas vidas poderão ser salvas”, frisou Vasque.

O comandante destaca que o resgate nos casos de acidente de trânsito é realizado em parceria com Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu de Tapes. “É complicado por que em muitos casos nós chegamos no acidente e se há pessoas encarceradas nas ferragens nós não temos como ajudá-las pois não temos o equipamento. Com o desencarcerador poderíamos retirar a vítima das ferragens o mais rápido possível para que a equipe do Samu possa fazer os primeiros socorros”, projetou.

Para Vasque o recente fechamento dos pedágios poderá sobrecarregar o serviço executado pelos bombeiros, visto que as empresas que tinham a concessão dos trechos da rodovia federal ofereciam serviço de resgate. Agora sem este auxílio o serviço de resgate de acidentes será feito exclusivamente pelos bombeiros. “Esse é um outro fator que dá mais importância para a compra deste equipamento para nossa corporação”, ressaltou.

Atualmente, a corporação conta com 10 bombeiros operacionais que prestam um serviço totalmente gratuito a população.  O número para contato com a corporação é o (51) 997.575.277, com Alessandro Vasque.

Sopão beneficente – Na quinta-feira (12), a partir das 19hs, o CBVT estará promovendo um sopão beneficente sendo que todo o recurso angariado será revertido para a compra do equipamento. O sopão será feito e entregue no quartel da corporação, localizado no antigo terreno da Corlac. Um aviso importante é que as pessoas que adquirirem ingressos deverão levar vasilha/panela para buscar o sopão.

O valor de cada ingresso e R$ 10,00. As doações para corporação ainda podem ser feitas via depósito bancário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here