22.1 C
Cerro Grande do Sul
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Bebê de um ano morre no bairro Restinga, em Porto Alegre, com sinais de abuso sexual

 

Padrasto da criança, um homem de 22 anos, foi detido pela Brigada Militar e encaminhado à Polícia Civil

 

Um bebê de um ano de idade faleceu no bairro Restinga, em Porto Alegre, na segunda-feira (5), apresentando sinais de abuso sexual. A criança, socorrida pela tia ao ser encontrada desacordada e com múltiplos ferimentos, foi levada ao Hospital da Restinga por volta das 19h. Apesar dos esforços médicos para reanimá-la, infelizmente, a bebê não resistiu e veio a falecer devido a uma parada cardíaca.

Exames médicos revelaram dilaceração nas regiões íntimas da criança, levantando suspeitas de abuso sexual, o que resultou no acionamento da Brigada Militar. Segundo relatos da tia à polícia, ao chegar em casa para assumir o cuidado da criança, encontrou-a já desacordada, sendo que o padrasto, um homem de 22 anos com histórico de agressões anteriores, estava cuidando dela naquele momento. O suspeito foi detido pela polícia sob a acusação de estupro de vulnerável e homicídio qualificado, sendo conduzido à Polícia Civil para investigação adicional.

O corpo da criança será submetido a exame de corpo de delito, enquanto o suspeito prestou depoimento às autoridades durante a madrugada e início da manhã seguinte, optando por permanecer em silêncio. O caso agora está sob investigação da Divisão Especial da Criança e do Adolescente da Polícia Civil.

PUBLICIDADE

RELACIONADAS