22.1 C
Cerro Grande do Sul
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Cerco aos assaltantes que atacaram banco em Amaral Ferrador

A agência do Banrisul localizada na Rua Praça Quatro de Maio, no centro da cidade de Amaral Ferrador, foi alvo de assaltantes nesta quarta-feira (07/02) por volta das 10h30min. Os criminosos estavam em uma EcoSport branca, que seria roubada.

Agência do Banrisul

Um cerco formado por aproximadamente 80 policiais, busca pelos quatro criminosos responsáveis pelo ataque a um banco. Após o assalto, o grupo fugiu de carro, mas abandonou o veículo e ingressou em uma área de mata em Encruzilhada do Sul, no Vale do Rio Pardo. É neste ponto que a polícia tenta capturá-los.

A ação, iniciada ainda na manhã de quarta, segue ao longo deste início de quinta (8), de acordo com a Brigada Militar de Encruzilhada do Sul.

Foto: Brigada Militar

Viaturas estão no entorno da mata e equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estão na área, com apoio de um helicóptero do Batalhão de Aviação. Grupos do Choque da BM e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil, também foram acionados e reforçam o trabalho.

Segundo o subcomandante geral da Brigada Militar (BM), coronel Douglas Soares, a situação que se tem é de quatro homens armados, possivelmente, com duas armas longas e duas pistolas, que estão em fuga em área rural de Encruzilhada.

Na fuga, a quadrilha obrigou pelo menos 10 moradores da cidade a formarem um cordão humano, para que eles pudessem sair da agência e entrar no veículo. Eles ainda levaram como reféns o gerente e um caixa do banco. Por volta das 13h, os dois já haviam sido libertados, em pontos diferentes, sem ferimentos.

Troca de tiros

Durante a fuga, após o roubo, os criminosos deram de cara com uma barreira da polícia, já em Encruzilhada do Sul. Houve troca de tiros.

Foto: Brigada Militar

Segundo a BM, os assaltantes jogaram o carro em que estavam contra a viatura, que desviou. Como estavam em alta velocidade, os criminosos perderam o controle do veículo e logo depois o abandonaram, entrando na mata.

Segundo informações é uma área bem afastada, que não tem sinal de telefonia.

PUBLICIDADE
Redação CLICR
Redação CLICR
Serviços gerais

RELACIONADAS