Uma pesquisa realizada pela Boa Vista, empresa de análise de crédito, trouxe uma boa notícia para as novas gerações: mais pais estão adotando o hábito de guardar dinheiro pensando no futuro dos seus filhos. Ao longo do último ano, passou de 51% para 59% o percentual de pais poupadores.

Para que os pais estão economizando? Segundo a Boa Vista, a maioria cita a necessidade de os filhos terem uma reserva para investir na própria educação. Depois, em grau de importância, surgem a eventual necessidade de tratamento médico, aposentadoria, eventuais emergências e independência financeira.

Quanto os pais estão economizando em média? A pesquisa aponta que mais da metade dos entrevistados (61%) diz economizar R$ 51 ou mais todos os meses.

Como está sendo feita essa economia? A poupança segue como a alternativa mais escolhida pelos pais (52%) para juntar economias, seguida da previdência privada (15%), fundos, ações ou CDB (9%) e títulos de capitalização (5%). E 19% dizem investir de outras formas não especificadas.

E a velha e boa mesada? Também cresceu o percentual de consumidores (de 27% para 30%) que afirmam dar mesada aos filhos ou a outras crianças. Houve aumento para o segmento que diz pagar a mesada a fim de estimular a educação financeira — eram 52% em 2018 e agora são 64% dos que dão dinheiro às crianças.

Qual o universo da pesquisa? Por meio de consulta eletrônica, a pesquisa entrevistou cerca de 600 pessoas, em nível nacional, entre os meses de agosto e setembro de 2019. A pesquisa tem margem de erro de 4 pontos porcentuais e 95% de grau de confiança.