Está sendo julgada em Camaquã, nesta quinta-feira, 30 de maio, uma mulher acusada de matar o próprio afilhado por envenenamento, no município de Dom Feliciano, no ano de 2013. O inquérito apontou que a acusada injetou inseticida no pote de iogurte do menino de quatro anos que consumiu o produto e morreu no dia de seu aniversário, em 21 de maio daquele ano.

A mulher é suspeita ainda de ter cometido o mesmo crime contra a vó do menino, uma senhora de 72 anos, que havia sido encontrada morta em casa, dias antes, em 07 de abril. O corpo da vítima foi exumado e os peritos encontraram sinais de veneno nos órgãos. O veneno, agrotóxico para tabaco, teria sido colocado no chimarrão da vítima. Durante as investigações, a polícia encontrou a seringa e o veneno na casa da mulher.

Com informações de G1