O secretário municipal da Saúde, Júlio César Doze usou as redes sociais em duas transmissões ao vivo na noite desta quinta-feira, 27 de maio, para informar, alertar e pedir a colaboração da comunidade sulcerrograndense diante do quadro de expansão dos casos de Covid-19 no município nos últimos dias.

Nas transmissões, às 19h33min (veja o vídeo) e às 20h22min (veja o vídeo), o gestor mostra as ambulâncias sendo preparadas na ala de emergência da UBS Central para transportar pacientes e revela que o setor teve um dia “bem difícil” e com uma sobrecarga de atendimentos, incluindo diversas remoções de pacientes. Doze disse que orientou as equipes que deixassem as pessoas nos hospitais e retornassem para o município de modo que as ambulâncias pudessem fazer novas remoções.

O boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (28) revela que o município teve um aumento de 51 casos confirmados e 23 suspeitos nos últimos dez dias. Neste período também houve uma morte causada pelo coronavírus que foi confirmada, aumentando para 16 o número de óbitos, além de uma segunda pessoa que perdeu a vida com suspeita de estar com a Covid-19, mas que ainda aguarda laudo da secretaria estadual da Saúde.

Com o semblante cansado no vídeo o secretário deixou transparecer a exaustão e reforçou as orientações de cuidados necessários para evitar o contágio.

“Tem horas que é muito difícil, porque os recursos não alcançam todas as demandas. A gente não vai conseguir vencer se não houver a colaboração de todos, com distanciamento, uso de máscaras de proteção, álcool em gel […] Nos ajudem, por favor. Esse é meu apelo a todos. Cuidem de suas famílias”, destacou.

Doze informou ainda que nesta sexta-feira (28) estará se reunindo com o prefeito Gringo para estudarem novas medidas de combate a esta nova onda de contágio. Entre as ações a serem implementadas sugeriu a volta do carro de som às ruas orientando a população e convocando os grupos para a vacinação, a intensificação na fiscalização com vistas a combater aglomerações e a possível emissão de um novo decreto municipal restringindo atividades.

O secretário ainda fez uma menção a equipe municipal de saúde que tem sofrido os reflexos da sobrecarga de trabalho imposta pelo coronavírus, incluindo o esgotamento físico e mental, pelo ambiente insalubre proporcionado pela doença.