Sair para fazer um lanche fora em algum restaurante é sempre uma boa pedida né? Ainda mais estando acompanhado da família, amigos ou namorada. Geralmente quando a “galera” se reúne aproveitam muito um rodízio de pizzas, picadão, entrevero e o tradicional xis.

Porém em alguns locais da região um lanche não tão tradicional está ganhando destaque pela sua apresentação e também pelos elogios deste delicioso petisco.

O fondue foi criado na Suíça durante a Segunda Guerra Mundial, por causa das batalhas e do inverno rigoroso, os camponeses que moravam nas regiões montanhosas não tinham como buscar mantimentos nas cidades. Para não morrer de fome, eles aproveitavam os restos de queijo, já que eram produtores de leite e fabricavam muito queijo, com o principal ingrediente à mão e em fartura, acabaram inventando uma comida quente, simples, saborosa e nutritiva. A mistura ficava no fogo até derreter, os camponeses, então, mergulhavam pedaços de pão no creme enquanto borbulhava e saboreavam.

No Brasil, esta iguaria ganhou muitas versões e fazem desde então muito sucesso, tem fondue doce e salgado, para ambos os gostos.

Em Barão do Triunfo, no Restaurante Laux: Bar e Lancheria, a proprietária Meri Laux diz que serve esta iguaria desde 2018 e frequentemente clientes pedem esta guloseima, contudo, este prato é mais apreciado no inverno.

Em seu estabelecimento, Meri serve apenas uma versão de fondue que foi criada e adaptada conforme os pedidos dos clientes que é o fondue de picadão, este é servido acompanhado de polenta, calabresa, coração de galinha, pepino, nuggets de frango, ovo de codorna, pão, cebola empanada e queijo mussarela.

A receita do creme do fondue é a base de queijos, vinho branco, amido de milho, noz moscada dentre outros ingredientes.

Colaboração: Meri Laux