A polícia divulgou agora há pouco os desdobramentos da ação policial que movimentou o município de Sentinela do Sul nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 17 de setembro.

A operação batizada de ‘Insurgidos’ foi deflagrada pela Polícia Civil, por meio da DECRAB Camaquã, em conjunto com a Brigada Militar, visando combater a prática de roubos e furtos em propriedades rurais.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão na zona rural de Sentinela do Sul, especialmente na localidade de Cerro Chato, resultando na prisão em flagrante de um indivíduo por Tráfico de Entorpecentes e Posse Ilegal de Arma de Fogo de Uso Permitido, bem como também foram apreendidos celulares e objetos que possivelmente correspondem com pertences subtraídos de vítimas.

A Operação Insurgidos resultou de investigação efetuada pela DECRAB Camaquã, a qual obteve êxito em identificar e localizar o grupo criminoso que vinha praticando diversos roubos e furtos a propriedades rurais na região.

As ações foram coordenadas pelo Delegado de Polícia, Peterson da Silva Benitez, titular da DECRAB Camaquã, e mobilizaram as forças de segurança da região, tendo em vista que participaram o Delegado de Polícia Luciano Rodrigues Meira, titular da Delegacia de Tapes; e 30 agentes da Polícia Civil, representando todas as Delegacias que integram a 29ª Região Policial.

Não obstante, a Brigada Militar colaborou com as diligências mediante o efetivo de 40 policiais militares, além da participação do canil e de apoio aéreo com helicóptero, frisando-se a presença do Coronel Amaral, comandante do 30º BPM.

Fonte: Ascom Polícia Civil